WILSON BATISTA, O TOCADOR DE CAIXINHA DE FÓSFOROS

Seu fim de semana tem um encontro marcado com o samba.  Na seleção do Universidade do Samba deste domingo você ouvirá Alcione, Djavan, Dona Inah, Leci Brandão, entre outros.

Wilson Batista terá um destaque especial no segundo bloco do programa, que conta um pouco da sua trajetória. Exímio tocador de caixinha de fósforos, Wilson mostrava muito talento e entusiasmo para música. O fato de ser semianalfabeto não o impediu de criar belas melodias e letras de qualidade que impressionou os grandes mestres da música brasileira, entre eles Ataulfo Alves, Haroldo Lobo e Marino Pinto.
Na composição “Meu mundo é hoje”, o sambista retrata em seus versos que pouco se importava com a descriminação que vivia por frequentar “baixos ambientes”. A canção mostra a questão das pessoas viverem de aparência e estarem mais preocupadas em “parecer” do que “ser”. No programa, ouviremos a música na voz de Paulinho da Viola, que fez questão de manter o som da caixinha de fósforo na marcação do arranjo do samba.

Por essa e outras histórias dos clássicos desse gênero musical é que você não pode perder programa Universidade do Samba, domingo às 13h. 

SERVIÇO

O quê: Universidade do Samba 
Onde: Universitária FM - 88,9 MHz | www.fmu.ufrn.br/blog 
Quando: Domingo (21/07), às 13h. 
Twitter: @fmuniversitaria
Facebook: www.facebook.com/fmuniversitarianatal

This entry was posted on 19 de jul de 2013 and is filed under . You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

Leave a Reply