As valsas e choros de Luiz Gonzaga


Os “dois pra lá dois pra cá” que coreografam as músicas de Luiz Gonzaga e o coroaram como Rei do Baião agora podem embalar outros ritmos. Valsas e choros, feitos pelo Centenário Gonzagão e escondidos na extensa produção artística do mestre do forró, foram descobertos e, agora revelados, pelo o músico e produtor Gereba Barreto. Os achados, gravados em disco 78 rotações e perdidos no acervo do sítio em Exu, cidade pernambucana onde há 100 anos nasceu Gonzaga, acabam de virar o álbum “Luas do Gonzaga”, lançado em Salvador. Sai de cena o arrasta pé e entram 15 músicas inéditas, criadas entre os anos 1941 e 1953, que tocam outra praia do sanfoneiro até então preservada do grande público

This entry was posted on 20 de dez de 2012. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response.

Leave a Reply